M.M. de Mónica Marques

Uma das coisas que pretendemos fazer, aqui no 30 e picos, 40 e tal, é apresentar-vos, na medida do possível, aqueles que linkámos na nossa barra lateral.
Porque as sugestões e os caminhos que aqui deixamos não são por acaso.

Ora a ocasião não podia ser melhor e mais oportuna!

____________

Mónica Marques, mulher belíssima, portuguesa residente no Rio de Janeiro, autora do blog Sushi Leblon, vai estar hoje na Feira do Livro de Lisboa, no stand da Quetzal, entre as 17 e as 20h.

Autora também de Transa Atlântica (lido com entusiasmo e aprovado aqui pela redacção ;) e de Para Interromper o Amor (ainda em lista de espera), MM delicia-nos de há anos para cá com um blog intimista, uma escrita sensual e melodiosa, e uma visão muito própria da vida, do amor e do sexo, do Brasil, de Portugal, dos Homens e, sobretudo das Mulheres.

Uma escrita libertadora. Para quem lê e, imaginamos nós, para quem escreve.

Deixamos uma breve amostra, na esperança de vos conduzir à leitura de uma mulher que encanta sem olhar a géneros.

❝As mulheres a partir dos trinta e cinco. Mulheres na praia bebendo chá Matte Leão e comendo Biscoito Globo. Sal ou Doce? Sal.
Mulheres com rugas quase imperceptíveis nos cantos dos olhos, nos cantos da boca. Mulheres “levemente consoláveis”. Os maridos nos empregos, ou jogando playstation. Nos casos mais graves, jogando Sims Pets, nos gameboys dos filhos.
Se fosse homem apaixonava-me por mulheres assim. Mulheres que já não sentem tesão pelos maridos mas abnegadamente, dão. Mulheres que nunca usaram calcinha fio dental aos vinte e demoram sempre muito para se deitar com um gajo. Mulheres muito casadas. Mulheres muito lindas e mesmo assim sem tempo pra namorar. Mulheres um bocadinho analisadas. Mas só um bocadinho, que ninguém agüenta ter razão. Mulheres apaixonadas pela terapeuta. Mulheres que sabem transar. Mulheres que estão cagando para o trabalho, que não querem ser as melhores designers, as melhores médicas, as melhores qualquer coisa e quanto muito gostavam era de ser fotografadas pela Annie Leibovitz. Mulheres que nunca viram um pila circuncisado. Mulheres cheias de saudades de Chicago. (kitsh não é? tou quase lá. quase lá.)❞

Advertisements
Comments
2 Responses to “M.M. de Mónica Marques”
  1. Alexandra diz:

    Mónica:
    Quero-lhe dizer que estou muito feliz.
    Sou portuguesa, casada à 23 anos e continuo feliz!
    Vim viver para o Brasil ( Bahia) à um ano com o meu marido e um filho. Deixei a minha profissão
    e disse para o meu marido -“vamos eu arranjo qualquer coisa”…O meu marido trabalha num hotel que é um paraíso! Também tive a minha condição de dondoca mas agora já tenho uma ocupação.
    O ultimo livro que comprei antes de vir foi o “Transa Atlântica”
    Não sendo uma grande leitora devorei o seu livro!Foi mesmo a minha primeira companhia quando cheguei. Adorei o livro, só tenho pena que quando li o conselho de não entrar numa roda de samba tinha-o feito na noite anterior e como lhe dei razão.
    Enfim identifiquei-me com algumas partes do livro e quando acabei de ler tinha saudades do livro achei genial , divertidissimo e esclarecedor!!! Na altura fiquei com imensa vontade de a conhecer pessoalmente e cheguei a imaginar que bom seria contar-lhe o que senti ao ler o livro e enfim sonhar. Cheguei a procura-la no facebook mas não encontrei.
    Quanto “À falta de linearidade” acho que aí é que está a originalidade na forma como escreve e mais uma vez me identifiquei pois por vezes também tenho o pensamento e a escrita desorganizada !!!! Mas essa falta de linearidade obriga o leitor a pensar.
    Hoje no “salão” li as páginas que lhe dedicaram na revista ELE de Junho e mais uma vez me identifiquei!!)))Rasguei as suas páginas sem ninguém ver e vim logo tentar descobrir o blog e cá estou eu. Fiquei com imensa vontade de a conhecer e cheguei a imaginar que bom seria contar-lhe o que senti ao ler o livro e enfim sonhar.
    Obrigada e agora só quero ler ” Para interromper o amor”
    Uma admiradora

    • 30 e picos diz:

      Olá Cara Alexandra,

      Serve o presente para lhe dizer que este blog não é da autoria da Mónica Marques, apenas fizémos um post sobre ela, como sugestão de leitura.
      Deixo o seu comentário visível para o caso de a M.M. aceder ao mesmo!
      Com os melhores cumprimentos,
      30 e picos.

Deixe um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: