Tempo de qualidade, my ass.

Eu estive mesmo para já não escrever este post (que andava de molho há algum tempo) porque entretanto encontrei um outro, e de uma psicóloga, que, de forma controlada (coisa que eu dificilmente conseguirei permanecer, versando este tema), calma e serena, expressa tudo aquilo que eu penso sobre o assunto. Mais: pensei partilhar o link para … Continuar a ler

This is 80 – As mulheres e o sexo. Aos 30, 40, 50, 60 e 70.

Sem mais, e celebrando os fabulosos 80 anos da Gloria Steinem, aqui vos deixo o excelente artigo do The Guardian e as magníficas respostas. Mais destes, por favor. Há vida para lá da puberdade. E muita, pelos vistos. ;) “Libidos, vibrators and men, oh my! This is what your ageing sex drive looks like Gloria Steinem’s 80th birthday declaration: … Continuar a ler

Lost in Living – emissão gratuita, hoje, Dia Internacional da Mulher

E aqui vos deixo, sem mais demoras (e um bocadinho mais cedo), o Lost in Living, filme de Mary Trunk. “Atrás da cortina doméstica da maternidade, onde o impulso criativo pode florescer ou definhar, estão 4 mulheres determinadas a tentar e conseguir. Filmado durante sete anos, Lost In Living mostra o conflito na coexistência de … Continuar a ler

Lost in Living, o filme, aqui.

Para os que me acompanham há já algum tempo, aqui ou noutros blogues, o Lost in Living não é novidade. Eis que surge, finalmente, a possibilidade de o ver, aqui, no sábado, dia 8 de Março, a partir das 0 horas (meia-noite)* ou, talvez, um pouco mais cedo. No Dia Internacional da Mulher, o 30 e … Continuar a ler

Um olá, um bom vídeo e mais uns quantos links.

Olá! Deixámos isto aqui às moscas, não foi? Andamos um pouco ocupados com uma outra empreitada de que talvez venham a saber um dia ( ^_^ ), a lutar por outros canais e também a viver intensamente (dentro e fora da cabeça), o que, por vezes, não deixa tanta margem para o espaço virtual. Mas … Continuar a ler

Plano B para a Humanidade

Bolas, tomates, colhões. T-e-s-t-í-c-u-l-o-s. “Símbolo da fertilidade”. Expoente máximo da masculinidade. Simétricos, com silicone. Suportes especiais, calças decotadas, enchumaços para realçar. As bolas. Loiros, depilados. Fotografias por todo o lado. Planos reclinados, pernas entreabertas. Nas revistas, na bomba de gasolina, no mecânico, nos posters na parede. No supermercado. Mulheres com histórias, profissões. Homens com tomates. … Continuar a ler

Máquina de Triturar Meninas

Fotografia de Filipe Branquinho

(Não é só na Índia e na China, onde matam bebés quando nascem só por serem meninas, ou nos países onde as mulheres andam tapadas porque não se podem mostrar, onde não podem estudar, onde não têm direito a uma existência digna, normal e humana, que as mulheres são vistas como objectos utilitários.) O pai … Continuar a ler

Dois p’ra lá, dois p’ra cá

  Ena, antes de mais, deixem-me já dizer-vos que é a primeira vez que insiro um slideshow. As fotos estão aqui em baixo, vejam lá se funciona, carregando na setinha (cursor sobre a imagem aí de baixo, sff):     Deu? :D Bem, as imagens referem-se ao filme “Une semaine sur deux (et la moitié … Continuar a ler

Confirma-se!

O filme de que falámos ali é bom. É um filme que não mente, não omite e não tem meias palavras. Gostei muito. Aquilo de que ninguém nos fala ou, se fala, não parecemos disponíveis para escutar. Antes, durante e depois do parto. O respeito pela individualidade. Enquanto mulher, parturiente, mãe. E na relação com … Continuar a ler

Há esperança

Antes de mais, e mais uma vez, ocorre-me perguntar “que se passa com a promoção dos filmes” em Portugal (nos EUA já nem quero saber)?! Eu não sei bem qual será a lógica da coisa… talvez um cartaz com Meryl Streep + Tommy Lee Jones + Steve Carell baste para levar vários públicos às salas. … Continuar a ler