Ter 40 anos, uma série – Capítulo 1: música chata e a estética intelectualizável.

Talvez ainda falemos de sapatos (no vídeo acima, Bill Murray canta Bob Dylan, nos créditos finais do filme St. Vincent; hélas, St. Vincent!) Isto de ter feito 40 anos em Março e ainda não ter explorado o assunto é quase imperdoável, mas o que é facto é que a minha vida deu tantas voltas e … Continuar a ler

Em jeito de balanço

E em jeito de balanço, porque não sei se teremos tempo para isso por cá (ando rodeada de filhas por todos os lados), partilhamos convosco uma notícia de que soubemos há pouco. A querida e estimada Lena Dunham foi eleita pela Time a pessoa mais cool de 2012 (e Obama a personalidade do ano). :) … Continuar a ler

A melhor coisa do mundo?

  Parece que vem lá um filme que é a cara do 30 e Picos!! (Não posso assegurar porque ainda não vi!) E talvez não venha sozinho, que a Festa do Cinema Francês acena com um bom cartaz, um pouco por todo o país, ou, bom, por Lisboa, Almada, Faro, Porto, Coimbra e Guimarães (e … Continuar a ler

As rugas ficam-vos tão bem!

Escrevo-vos metida na cama a curar uma gripalhada que já vai no terceiro dia e nada… Ontem à noite enquanto decorriam os óscares eu dormia, que depois tudo se resume em poucos minutos de manhã. Ainda espreitei o tapete vermelho numa transmissão ao vivo pela internet, de computador no colo, e é mesmo mais sobre … Continuar a ler

Marretas – Agora a sério…. (O bom e o mau)

Estava mortinha por ver o novo filme dos Marretas (e estou certa que muitos de vós sentiram/sentirão o mesmo) e esperei que as minhas filhas estivessem comigo para concretizar a ida ao cinema. Fui ver a versão portuguesa, dobrada, por causa da mais nova. A ideia de os ouvir a falar português causa estranheza porque … Continuar a ler

Também temos uma Shopping List!

Bem, então, pensando assim por alto em coisinhas boas para o Natal (de alguma utilidade nem que seja mero fétiche), aqui vai uma lista muito, mesmo muito, incompleta… Comecemos logo por um livrinho que anda esgotado na tradução portuguesa mas que, caso dominem o Inglês, podem mandar vir pela Amazon.uk: Trata-se, como o nome indica, … Continuar a ler

Geração Jim Henson

Nenhuma outra geração foi, como a nossa, a geração Jim Henson. Começámos a crescer com o “Abre-te Sésamo” (depois Rua Sésamo), continuámos com “Os Marretas” e ainda delirámos com “Os Faggles”! Isto deixa marcas irreversíveis na formação de uma pessoa! Eu olho para essa imagem que aí está do Cocas a olhar para a fotografia … Continuar a ler

Pequenas Mentiras Entre Amigos

Alerta, alerta!! Filme a ver!! :) O Verão já vai a meio (mais perto do fim) e sugerimos uma pausa para cinema! “Pequenas Mentiras Entre Amigos” tem várias razões para ser visto. Uma, para os meninos: Marion Cotillard. Pronto, agora que eles já estão convencidos, vamos ao que interessa… Duas: Tem muitos, mas muitos homens … Continuar a ler

Egalité, fraternité*

Este fim-de-semana parto para uns dias junto da família materna como há muito não acontecia. A minha família não é como as famílias das histórias. Há anos que não há um encontro assim!.. Vou com as minhas filhas encontrar-me com os meus primos, também primos delas. Primos de várias idades. No início éramos só raparigas … Continuar a ler

Save the date!*

Ontem tive a felicidade de ser convidada para ir ver o Bridesmaids que, segundo o já nosso habitué, nisto das citações, Ricardo Gross, é um “womance”, derivação no feminino do “bromance”, género a que o produtor do filme (Judd Apatow) tem vindo a estar associado: comédia a partir da “comédia romântica” que centra a acção … Continuar a ler