This is 80 – As mulheres e o sexo. Aos 30, 40, 50, 60 e 70.

Sem mais, e celebrando os fabulosos 80 anos da Gloria Steinem, aqui vos deixo o excelente artigo do The Guardian e as magníficas respostas. Mais destes, por favor. Há vida para lá da puberdade. E muita, pelos vistos. ;) “Libidos, vibrators and men, oh my! This is what your ageing sex drive looks like Gloria Steinem’s 80th birthday declaration: … Continuar a ler

Lost in Living – emissão gratuita, hoje, Dia Internacional da Mulher

E aqui vos deixo, sem mais demoras (e um bocadinho mais cedo), o Lost in Living, filme de Mary Trunk. “Atrás da cortina doméstica da maternidade, onde o impulso criativo pode florescer ou definhar, estão 4 mulheres determinadas a tentar e conseguir. Filmado durante sete anos, Lost In Living mostra o conflito na coexistência de … Continuar a ler

Lost in Living, o filme, aqui.

Para os que me acompanham há já algum tempo, aqui ou noutros blogues, o Lost in Living não é novidade. Eis que surge, finalmente, a possibilidade de o ver, aqui, no sábado, dia 8 de Março, a partir das 0 horas (meia-noite)* ou, talvez, um pouco mais cedo. No Dia Internacional da Mulher, o 30 e … Continuar a ler

Tom Yorke (Radiohead), John Hamm (Madmen) e outros, conselheiros do amorrr (e outros vídeos).

Ok, ok, ok. Isto é genial. A revista Rookie, dedicada a adolescentes, criação daquela miúda de quem pensava já vos ter falado aqui (mas final foi ali), resolveu criar um consultório sentimental em que os conselhos são dados por pessoas crescidas e, hum, famosas. Ídolos de miúdos e graúdos, pessoas que são admiradas e muitas … Continuar a ler

Confirma-se!

O filme de que falámos ali é bom. É um filme que não mente, não omite e não tem meias palavras. Gostei muito. Aquilo de que ninguém nos fala ou, se fala, não parecemos disponíveis para escutar. Antes, durante e depois do parto. O respeito pela individualidade. Enquanto mulher, parturiente, mãe. E na relação com … Continuar a ler

Há esperança

Antes de mais, e mais uma vez, ocorre-me perguntar “que se passa com a promoção dos filmes” em Portugal (nos EUA já nem quero saber)?! Eu não sei bem qual será a lógica da coisa… talvez um cartaz com Meryl Streep + Tommy Lee Jones + Steve Carell baste para levar vários públicos às salas. … Continuar a ler

Do Primeiro Amor ao Amor Próprio, a dura aprendizagem da auto-preservação.

Un Amour de Jeunesse é um filme tão belo!.. Vi-o ontem e quanto mais o recordo, mais gosto. É um filme sereno onde, pelo argumento, facilmente se poderia cair no melodrama mas, ao invés, se vão dando pinceladas numa tela maior. O filme é muito bonito, esteticamente. Mas não cai no absurdo da estética pela estética. … Continuar a ler

“The Rebound” – Começar de Novo

Está em sala um filminho que data já de 2009 mas só agora chegou cá, vá-se lá saber porquê, originalmente intitulado de “The Rebound” e por cá traduzido para “Amor ao Acaso” (!! – mas porquê??!!) com a Zeta Jones e um Justin Bartha que talvez conheçam de “A Ressaca”. Ora a premissa é a … Continuar a ler

Lição de vida

(Já viram todos mas tenho que pôr aqui…) “Autobiography in Five Short Chapters Chapter One I walk down the street. There is a deep hole in the sidewalk. I fall in. I am lost …. I am helpless. It isn’t my fault. It takes forever to find a way out. Chapter Two I walk down … Continuar a ler

Musa Híbrida

No fim-de-semana passado tirámos, em parte e entre outras coisas, a barriga de misérias e conseguimos ver 3 filmes em cartaz! Começámos com O Artista, filme sensação da temporada e dos prémios de cinema que, embora bonito, não me pareceu ter muito a acrescentar ao fenómeno que se gerou enquanto mero exercício de estilo. Destaque … Continuar a ler