Antropólogos, sociólogos e historiadores de todo o mundo, uni-vos.

Hoje de manhã deparei-me com um novo vídeo da Willow Smith, filha do Will Smith (actor), de que gostei a vários níveis, sendo que aquele que mais me surpreendeu, não obstante já ter lido umas coisas sobre a miúda e algumas particularidades suas, foi a independência, ou, se quisermos, a liberdade (aparente), relativamente às estéticas … Continuar a ler

“Porque é que as feministas odeiam a moda?” – Eu, feminista e licenciada em (Design de) Moda, respondo. Por mim.

Quando vi este post da Joana Barrios (“Porque é que as Feministas Odeiam a Moda?”), pensei que “ora ali estava um post parecia ter sido feito para que eu respondesse”. Claro que, entretanto, com o que tive para fazer e outros cansaços, até estive quase para não responder coisa nenhuma. Mas eis que hoje, desde … Continuar a ler

Maria Capaz, o caralho – “meu nome é Zé Pequeno”.

Estive vai-não-vai para nem dizer nada, porque há aquela teoria que defende que entre, digamos, feministas, não deve haver ataques, devemos todas suportar-nos umas às outras e tentar chegar a bom porto. Sendo isto discutível, tanto como o próprio conceito de feminismo, mesmo quando tentamos afastá-lo da ditadura do perfeccionismo e aplaudir as “bad feminists”, … Continuar a ler

Tempo de qualidade, my ass.

Eu estive mesmo para já não escrever este post (que andava de molho há algum tempo) porque entretanto encontrei um outro, e de uma psicóloga, que, de forma controlada (coisa que eu dificilmente conseguirei permanecer, versando este tema), calma e serena, expressa tudo aquilo que eu penso sobre o assunto. Mais: pensei partilhar o link para … Continuar a ler

Quantos mitos conseguimos combater, de cada vez?

Isto nem é um post, que eu ando sem disponibilidade para isso. :) Dei de caras com esta fotografia da Gwyneth Paltrow no meio de uma enchente de artigos sobre o seu divórcio, depois de já ter articulado que, em todas as fotografias que via da mulher, me parecia que ela tinha sempre 20 anos. … Continuar a ler

Depressão – Andrew Solomon explica.

  Voltaremos a este assunto. Até lá, urge que vos deixe isto. Esta conferência, esta TED talk, é preciosa. Se estão familiarizados com o tema, vão adorar. E reconhecer uma série de nuances e subtilezas, em várias coisas que ele diz, que sabem que nem toda a gente compreende e que fizeram (ou podem vir … Continuar a ler

From PORN to POP CORN – Beyoncé, lindinha.

Bem, vamos por partes. Isto é um daqueles posts complicados. (Mais um que exigiu uma graaaande trabalho de pesquisa, pelo que peço a Vossa atenção para as imagens. ;) ) Tenham paciência e deixem-se guiar, nomeadamente, pelos links que vos deixo (à excepção ali do primeiro, atrás, que era meramente ilustrativo). É que isto não … Continuar a ler

Hitchens e a miúda do Texas (que queria ler e pensar por si).

  Desculpem lá vir aqui com vídeos outra vez, mas aqui o mais importante até é terem paciência para ler o que vos vou indicar. O vídeo é meramente ilustrativo, porque muito incompleto. Hoje deparei-me com mais um vídeo que me despertou o interesse, até porque me parecia abordar um tema que também temos vindo … Continuar a ler

Um olá, um bom vídeo e mais uns quantos links.

Olá! Deixámos isto aqui às moscas, não foi? Andamos um pouco ocupados com uma outra empreitada de que talvez venham a saber um dia ( ^_^ ), a lutar por outros canais e também a viver intensamente (dentro e fora da cabeça), o que, por vezes, não deixa tanta margem para o espaço virtual. Mas … Continuar a ler

Meming

Curiosamente, esta manhã fiz um meme sobre memes, citando o Carlo Strenger, de que vos falei ali. O livro é mesmo muito engraçado (ainda não o acabei, mas estou na última parte – está dividido em 3). Esta frase acerca dos memes surge en passant, a propósito de espiritualidades pop e pensamento pouco exigente. De … Continuar a ler